É Festa!


Arrumar a casa, organizar surpresas, elaborar o cardápio, preparar os pratos, enfim, pensar em cada detalhe. Receber convidados em casa para uma ocasião especial, é super gostoso, mas nada fácil, e é normal o anfitrião sentir aquele friozinho na barriga.


Na hora de receber, planejar é a regra número um, comece com a lista de convidados e solicite as confirmações, assim você saberá as quantidades para os “comes e bebes” e as acomodações. 

Defina que tipo de evento será, um almoço charmoso, um chá com amigas, um café da manhã colonial, um jantar informal (para eventos formais, é imprescindível abusar das normas de etiqueta).
Após definir, elabore a lista de compras, e vá ao super mercado durante a semana, deixando somente as saladas, para buscar no dia do evento. 
Dê uma geral na casa, tudo deve estar um brinco, revise os banheiros, retire objetos de uso pessoal e disponibilize toalha e rolo de papel higiênico extra.
É legal adiantar os pratos, como por exemplo, preparar a sobremesa e deixar somente a calda para fazer na hora. Lembre, os convidados querem apreciar a sua companhia, tente não passar a festa toda na cozinha.


Nem sempre se consegue planejar com tanta antecedência, nesse caso, não deixe sua festa perder o brilho, improvise com criatividade, utilizando acessórios que você já tem em casa!

Organize uma mesa bonita, não é feio deixar que as pessoas se sirvam, pelo contrário, é super descontraído, mas a mesa deve estar arrumada, com pratos, talheres, copos e taças, (verifique com antecedência se há louça disponível, para o número de convidados, pois assim, da tempo de pedir emprestado.) 
A decoração fica por conta de pequenos arranjos de flores e velas, mas sem perfume, o astro principal deve ser o cheirinho da refeição.

Para as lembrancinhas, biscoitinhos feito em casa, brigadeiros decorados, bolo na caneca, reutilize vidrinhos enfeitados e preencha com balas e chocolates, existem muitas ideias legais que cabem no orçamento, e os convidados adoram esses mimos.


Crie um espaço de entretenimento para as crianças, separe papéis coloridos, giz de cera, lápis de cor, massinha de modelar, brinquedos, ou uma seleção de desenhos animados,  deixe também a disposição dos pais, um local para troca de fraldas e para a soneca do bebê, se for necessário.
É importante deixar os convidados a vontade, para isso, mantenha as bebidas em local de fácil acesso e gelo em dias de calor, sirva alguns petiscos para abrir o apetite, selecione uma playlist de músicas agradáveis, lembre de oferecer um cafezinho ou chá após a refeição, e mantenha um papo descontraído, o segredo para sucesso da festa, é manter a animação e os convidados confortáveis, como se estivessem em casa.


Anúncios

O Coringa!


Entre as principais características dessa peça coringa, podemos destacar a versatilidade e a utilidade, além de servir para dar contraste na decoração e mais vida ao ambiente.
Quando o tema são os “Puffs” a dica é abusar das cores, estampas, texturas, tamanhos, design e formatos. Essa peça decorativa, linda e divertida, pode funcionar como mesinha de centro, criado mudo, assento, apoio para os pés e etc.
Compactos, alegres e multiuso, eles adicionam um toque de charme e contribuem com o conforto, mas lembre é fundamental buscar harmonia, utilize modelos que conversem com a decoração do seu espaço.
Os puffs em couro, são os mais clássicos e duráveis, mas eles podem ser feitos em diversos materiais, até mesmo reutilizando garrafas pet, ou pneus. ( faça o seu puff de pneu ).
Acesse o site Casa Ludica lá tem várias ideias para fazer em casa.
Puff de tricô são muito fofos, acesse o site remobilia e aprenda a fazer o seu.

Se joga!


A arte urbana, que é encontrada em prédios e muros pela cidade, agora é considerada item de decoração para moradores ousados e modernos. 
Essas pinturas que remetem ao estilo Hip Hop, e ao movimento vindo das ruas, deixou de ser considerado pichação, para virar moda, caracterizando ao ambiente um estilo bem despojado, original e personalizado, com cores vivas e bem coloridas trazem um ar alegre a decoração.


O grafite pode ser trabalhado em toda a parede, ou apenas em detalhes. Para evitar erros quando o assunto é excesso, escolha apenas uma parede e solte a imaginação, para completar o espaço, invista em acessórios e móveis clean, para que não entrem em conflito com a obra.

Fora bagunça!


Um ambiente organizado é a melhor forma de se otimizar o espaço, e destacar a decoração, mas é tão difícil manter tudo sempre no lugar, não é mesmo?
Selecionei algumas dicas para manter a casa arrumadinha e sem stress.

– Não misture tipos diferentes de objetos, passe um “pente fino” nos armários e separe-os, caixas organizadoras são boas ideias para esses casos, tudo deve ter seu próprio espaço.

– Instale ganchos ou cabideiros, para pendurar blusas, bolsas, colares, e outras coisas de uso diário, assim nada fica jogado pela casa.


– Eleja um único local, para manter todos os objetos que serão utilizados juntos, como por exemplo, os controles remotos dos diversos aparelhos eletrônicos, bijuterias, anéis e presilhas, etc.


– Utilize um porta chaves, assim evita que elas despareçam misteriosamente.

– Selecione apenas os objetos decorativos que combinem com o ambiente e com sua personalidade, nem tudo que você ganha precisa ficar exposto, agradeça e guarde com carinho no armário. 

– Acabe com o hábito de chegar em casa e jogar os calçados pela sala, utilize um armário, sapateira, ou uma caixa para armazenar os sapatos. 

– Sabe aquele emaranhado de fios atrás do hack, ou da mesa do computador? Utilize organizadores de fios com velcro, é simples de resolver e deixa uma impressão bonita de organização.


– Acabe com as correspondências espalhadas, separe uma caixa, gaveta ou pasta, e junte todas no mesmo lugar, separando por data de pagamento ou assunto, jogue fora as que não precisam ser guardadas. Quanto menos papel sem uso melhor.

– Use um revisteiro ou caixa, para armazenar revistas e jornais, lembrando de atualizá-lo regularmente, jogando fora oque não tem mais utilidade.


– Instale prateleiras e nichos, para organizar livros, cds e dvds. Além de manter tudo no lugar ainda viram charmosos itens decorativos.



A ordem é Repaginar!


Para deixar a casa de cara nova, nem sempre é preciso partir para o quebra-quebra geral, as vezes basta mudar os móveis de lugar, transformar acabamentos, adicionar cores, e principalmente utilizar a criatividade.
Selecionei algumas dicas pra lá de criativas e inovadoras, para solucionar aqueles problemas que surgem na hora de repaginar.

– Rede de descanso na sala, Pode?
As redes são rústicas, e remetem ao campo, ao ar livre. No entanto, a sala é um local que aceita bem as redes, mas respeitando algumas regrinhas. A rede não pode ficar espremida, precisa de espaço de balanço e circulação. A decoração precisa conversar entre si, combinar com móveis clássicos não traz um bom resultado, de preferencia para uma mobília, moderna, e colorida.

– Brinquedos espalhados, Não Pode!
Brinquedos espalhados são o terror das mamães, isso não pode mesmo!
Uma solução legal, é criar móveis sob medida, aproveitando melhor o espaço, transformando a parte inferior de camas e sofás, em gaveteiro. Outra opção criativa e simples, é utilizar papel colorido ou tecidos que combinem com a decoração, para encapar caixas e baldes, ou armazenar em caixotes de madeira, daqueles da feira.

 
– Plantas? Sim!
As Plantinhas deixam o ambiente mais bonito, aconchegante, e tranquilo, transmitem paz e conforto para as pessoas que frequentam o lugar, mas escolher as especies que se adaptam melhor em cada cômodo, é que é o problema.
Para ambientes internos, escolha as que não necessitam de tanta luz, como lírios, palmeiras, violetas, cactos e suculentas, se houver uma varanda ou janela com grande entrada de luz, opte por uma azaleia, calêndula, orquídeas, primavera, e até mesmo uma horta com temperos  fresquinhos.

– Como separar ambientes?
Ambientes versáteis, que podem dispor de mais espaços quando necessário, são ótimos, mas como separá-los sem perder o ar de unidade? 
Podemos usar algumas alternativas, cortinas diferentes e modernas, biombos e divisórias em vidro retráteis, estantes abertas, painéis em mdf vazado. Só é preciso ficar alerta para o ambiente não ficar confuso, se seu estilo é despojado, esbanje ousadia, já ambientes formais pedem um pouco mais de cuidado.



– Mural de fotos, fuja do trivial!
Murais estão super em alta, a novidade é realmente correr da mesmice. Que tal essas ideias, imprimir imagens diretamente nos azulejos e aplica-los em uma das paredes (Telha Norte), e essa mesinha decupada com fotos da família, ou até mesmo na geladeira. 

– Almofadas! 
Além de conforto, as almofadas completam a decoração, com a possibilidade de mudar a cara do ambiente sempre que tiver vontade. São os acessórios que fazem a diferença na decoração, por isso a escolha das almofadas deve ser pensada: conforto, gosto, e estética precisam ser levados em consideração, mas combinar as cores e o design com os objetos e moveis é essencial.
– Luminárias com seu estilo!
A lista de materiais que podemos reutilizar para criar uma luminária alternativa e moderna, é extensa: latas de alumínio, garrafas, utensílios da cozinha, e até mesmo papelão, podem servir na hora de fazer a cúpula, depois é só comprar pequenas bases com soquete para lampada, e encaixar na sua cúpula.

– Mesinha de centro!
Mesa de centro da um super charme ao espaço e transparece a personalidade do morador, mas esse móvel requer espaço, é preciso dispor de no mínimo, 50cm de distância entre a mesa e os outros móveis, para não interromper a circulação. 


– Como fazer o ambiente parecer maior?
É possível utilizar alguns truques para criar a ilusão de espaço: Espelhos são “o carro chefe” nesse assunto, pois transmitem a sensação de profundidade. Utilizar cores claras nas paredes, é uma boa dica para criar um ambiente amplo e arejado, se possível utilize móveis na mesma cor da parede, criar linhas horizontais com móveis longilíneos, também resulta em um ambiente maior visualmente.


– Recicle!
Restaurar móveis antigos é super tendência, seja utilizando tinta, vinil, papel contact, tecido, ou até mesmo criando uma lousa, onde se pode escrever com giz. A quantidade de ideias é imensa, inspire-se e mãos na massa!


Qual o piso ideal?
A escolha  do piso depende do perfil da família, os pisos de cerâmica são fáceis de limpar, bom para quem tem animaizinhos de estimação, os carpetes se tornam interessantes, para quem mora em apartamento com crianças, pois minimizam o barulho, mas preste atenção se há proteção contra bactérias e fungos. Pra quem procura conforto térmico, a alternativa são os laminados, que são encontrados em diferentes estilos e cores.

Aprovado!


Nós, os adoradores de animais não abrimos mão da companhia dos bichinhos por perto, mas precisamos ficar atentos para não deixar que as brincadeiras destruam móveis e objetos, nem que o mau cheiro e os pelos se espalhem pela casa. 


Encontrei algumas dicas para facilitar as atividades domésticas, e além de tornar um pouco mais fácil de limpar e manter, ainda faz com que o espaço fique mais aconchegante para os amigos peludos. 
Seu bichinho e a decoração de sua sala podem conviver tranquilamente se você usar os truques certos.

Limpeza:
A limpeza do ambiente em que o animal fica, é super importante para manter sua casa saudável. Use aspirador de pó para retirar os pelos, água e desinfetante para limpar o chão, e de banho no seu animalzinho regularmente para evitar o mau cheiro.


Tapete:
Piso frio, sem tapete, são extremamente práticos para serem limpos, mas se preferir adicionar um tapete á decoração, de preferência a tapetes que não possuam o fio muito alto, pois serve para esconder pelos e sujeiras.


Espaço:
Os animais precisam de lugar para correr, brincar e gastar energia, é interessante encontrar móveis mais resistentes e que não ocupem muito espaço, assim os bichinhos podem circular sem atritos. 
Outro cuidado importante é com os fios de equipamentos eletrônicos, eles podem causar acidentes, colocar o animal em risco, e ainda queimar o aparelho.
Revestimentos:
Dê preferencia a superfícies lisas e foscas, as brilhantes riscam com facilidade.
Os sofás de  revestimentos sintético, são mais interessantes, pois são simples de limpar, tecidos como o chenille podem virar o parque de diversões para os gatinhos afiarem as unhas.
Use sprays repelentes e eduque, para que o bichinho não crie maus hábitos e estrague a mobília.

Decoração:
Atenção aos gatos, pois eles sobem em todos os lugares e podem derrubar um objeto de estimação, selecione objetos que não estimulem os animais a brincar com eles, e se ocorrer que não sejam quebráveis.